CENTRAL DE RESERVAS: +55 11 5051-2919 SEG A SEX DAS 7 ÀS 19H

09.03.2020

Conheça o carimbó

Ritmo contagiante e característico do Pará, também chamado de Pau e Corda, Samba de roda do Marajó e Baião Típico do Marajó. Já sabe do que estamos falando?
Se você pensou em carimbó, acertou!

O nome faz referência ao instrumento musical utilizado para as manifestações folclóricas, o chamado curimbó. Uma espécie de tambor feito com um tronco escavado de forma manual até ficar oco.
O costume da dança surgiu com o hábito dos agricultores e pescadores que ao fim do dia relaxavam dançando.

INSTRUMENTOS
Para curtir esse ritmo tão gostoso é necessário dois curimbós, afoxé, banjo, flauta, ganzá, maracá, pandeiro e reco-reco.

Silvan Galvão e os instrumentos do carimbó. Foto retirada do site de Alcinéa Cavalcante – Liberdade de expressão.

ROUPAS
De fato, em meio a multidão as roupas utilizadas para dançar o carimbó são bem características e se destacam visualmente bem. As saias utilizadas pelas mulheres são muito coloridas, bastante volumosas e rodadas, para valorizar os movimentos da dança.
Além disso, elas utilizam adornos na cabeça e enfeitam seus cabelos com flores. A roupa dos homens são mais simples, e lembram as vestes de trabalhadores que utilizam calças curtas ou dobradas e ambos dançam descalços.

Roupas utilizadas para dançar o carimbó

DANÇANDO O CARIMBÓ
A dança é bem simples, os homens vão até as moças batendo palma, um convite para a dança, os pares se formam girando em torno de si mesmo e logo depois formam um grande círculo que também apresentam-se girando.

Grupo de carimbó

MÚSICAS CONHECIDAS
Interpretado por Pinduca (O Carimbó do Macaco) e D. Onete (No Meio do Pitiú), são umas das músicas mais tocadas quando se fala em carimbó.

Dá uma olhadinha na letra de O Carimbó do Macaco

“Eu quero ver, ô, menina eu quero ver
Eu quero ver, você agora embolar
Eu quero ver, ô, menina eu quero ver
O carimbó do macaco
Que eu fiz pra você cantar
É macaco caco macaco
Macaco, macaco au
O macaco ó do macaco
O macaco do macacal
Eu conheço um macaquinho
Que é filho do macacão
Neto do macaco velho
Que mora lá no sertão.”

Gostou? Agora veja a letra de No Meio do Pitiú

“A garça namoradeira
Namora o malandro urubu
Eles passam a tarde inteira
Causando o maior rebu
Na doca do Ver-o-Peso
No meio do Pitiú
No meio do Pitiú, no meio do Pitiú
No meio do Pitiú, no meio do Pitiú
Eu fui cantar carimbó
Lá no Ver-o-Peso
Urubu sobrevoando
Eu logo pude prever
Parece que vai chover
Parece que vai chover
Depois que a chuva passar
Vou cantar carimbó pra você”
(***)

Imagem em destaque: grupo Kuatá de carimbó / Foto: Kevin Gonzalez

Quer saber mais sobre esse e outros assuntos relacionados a viagens? Então continue acompanhando o blog do STADA Hotéis!