CENTRAL DE RESERVAS: +55 11 5051-2919 SEG A SEX DAS 7 ÀS 19H

Conheça o Centro histórico de Belém

Composta de lindas tradições, músicas características, gastronomia impecável, uma cultura genuína e histórica única. Assim é a formosa Belém, uma das capitais brasileiras mais visitadas por turistas.

Que tal conhecer um pouco da origem da capital paraense? Nosso tour começa pela Praça Dom Frei Brandão, o berço da cidade das mangueiras.

Praça Dom Frei Brandão atualmente

Sob o comando de Francisco Caldeira Castelo Branco, os portugueses desembarcaram em Belém construindo um forte de madeira e uma capela. Saindo do forte, os colonos abriram caminho que na época foi chamado de rua do Norte e assim, foram desenvolvendo casas para moradia.

Dessa forma nasce uma cidade, posteriormente chamada de Velha. O local preserva edifícios construídos entre os séculos XVII e XVIII. A estrutura arquitetônica que ganhou o nome de Complexo Feliz Lusitânia, pode ser percorrida em um passeio rápido e assim, você pode ver como Belém foi desenvolvida.

A sua visita pode começar pelo Forte do Presépio, construída no início do século XVII, foi uma das primeiras edificações da cidade que hoje funciona como espaço histórico, cultural e arqueológico.

Ah, não se esqueça de dar uma olhadinha pelas muralhas do Forte do Presépio. Que vista espetacular! Isso podemos garantir. De lá, você tem uma visão incrível do Ver-O-Peso e do Centro Histórico.

Vista do Mercado Ver-O-Peso. Foto: Cláudio-Santos. Ag. Pará

Após essa visita, um passeio pela Casa das Onze Janelas é uma ótima pedida. É só caminhar pelo jardim em frente ao Forte do Presépio que você chega lá rapidinho. A Casa das Onze Janelas foi construída no século XVIII, através da perspicácia do arquiteto italiano Antônio Landi e hoje, abriga o Museu de Arte Contemporânea.

Casa das Onze Janelas. Foto: Levi Bianco

Seguindo o nosso tour, vamos até à Catedral Metropolitana de Belém. Fundada em 1616, hoje é palco de grandes comemorações do Círio de Nazaré. Se você ainda não teve a oportunidade de visitá-la, já está mais do que na hora de por na sua lista de visitação pós-quarentena.

Catedral Metropolitana de Belém

Outro lugar destinado ao turismo religioso é o Museu de Arte Sacra do Pará, um local que possui mais de 400 peças, que inclui pinturas, imaginárias e objetos sacros datados dos séculos XVII ao XX.

Museu da Arte Sacra do Pará

Quer saber mais sobre esse e outros assuntos relacionados a viagens? Então continue acompanhando o blog do STADA Hotéis!